Asana2019-06-18T21:37:11-03:00

Āsana

A prática que enfatiza o trabalho corporal no yoga é chamada “āsana abhyāsa”. Abhyāsa significa prática ou disciplina e āsana é uma forma de posicionar o corpo e a mente. A raiz da palavra asana é tanto “estar” como “sentar”, ou seja, envolve a sensibilidade mental em uma ação física. Essa união de corpo e mente é que faz com que esse aparente exercício físico torne-se uma técnica de yoga. Mesmo a prática de asanas muito simples, executadas de acordo com a técnica e a adaptação individual adequada e com a presença de sensibilidade, é considerada uma excelente prática. O segredo de uma prática benéfica (seja de asana, prāṇāyāma ou meditação) está na correta adaptação individual, onde são respeitadas as características de cada pessoa e suas necessidades de acordo com seu estágio de vida. O asana, para gerar os benefícios esperados a curto e longo prazo, também é ensinado no método chamado de “vinyāsa Krama”. Vinyāsa Krama significa o desenvolvimento inteligente e gradual da prática pessoal, onde partimos daquilo que é plenamente acessível e avançamos passo a passo, evitando danos colaterais muitas vezes gerados por práticas inadequadas. Nesse sistema também é enfatizado um constante treinamento da respiração e de sensibilização mental durante a prática física, pois corpo, respiração e mente são profundamente irmanados e não podem ser separados. A separação dessas técnicas gera desconexão, e esse definitivamente não é o propósito do yoga.

Diferentemente do que vemos na publicidade popular de estilos modernos de yoga, as práticas tradicionais são desenvolvidas de forma a serem acessíveis a qualquer idade e a qualquer condição física e mental, pois o principal propósito é gerar mais bem-estar, saúde, estabilidade e clareza mental. Essa é uma das razões pelas quais o ensino tradicional individualizado é, por nós, preservado.

Veja também: Prāṇāyāma
Veja também: Adhyayanam
Veja também: dhyānam e saṃyama