Palavras do meu professor…

“Is our Yoga Practice,
an offering to the Ātma–Buddhi Dynamic or,
a gratification for our Manas–Indriya expectations?”

Tradução:

“Nossa prática de yoga
É uma oferenda à dinâmica Ātma-Buddhi ou
A nossas expectativas Manas-Indriya?”

Explicação breve dos termos usados:

Atma é o eu definitivo, Buddhi é a dimensão mais elevada da mente (responsável pela discriminação da verdade), Manas é a dimensão da mente voltada para a atuação sensorial, Indriyas formam o sistema sensorial.

Essa frase do Prof. Paul Harvey é provocativa, desperta o questionamento a respeito do que estamos alimentando em nosso caminho de yoga (de realização do autoconhecimento). Estamos em busca de satisfações mais temporárias e autocentradas ou de uma real descoberta? Não é apenas o sistema escolhido que define isso, mas a minha real motivação.

Link to Series: 108 Yoga Practice Pointers

By |2019-06-07T11:06:05-03:009 de janeiro de 2019|Categories: Artigos|Tags: , , |0 Comentários

Sobre o Autor:

Jorge Knak
Professor de Yoga, Funcionário Público, pai de três filhos. Dedica-se ao Yoga na tradição de Krishnamacharya. Estudou na Índia com os Profs.TKV Desikachar, Kausthub Desikachar, S. Sridharan, Dr. Chandrasekaram e outros. Desde 2013 estuda com o Prof. Paul Harvey (Inglaterra), aluno direto de TKV desde 1976 e criador do "Centre for Yoga Studies" em Bristol.

Deixar Um Comentário